Sagres, Sagrada

↓( 26 fotos )↓

O farol observa hirto o mar e espera pelos bem-aventurados.

Os sítios sagrados são locais onde as invisibilidades e transparências pessoais fazem a sua confissão. Sagres é um desses santuários naturais onde o magnetismo atrai gente dos quatro cantos do globo que buscam encontrar-se num pôr-do-sol, ou nos perfumes das urzes misturadas a lavanda e sal, ou no cantar dos pássaros exibindo-se nos fios de electricidade que lhes servem de palco.

O ritmo das ondas no Levante trazem o vento, aquecem a água e levantam as ondas em cristas que batendo ciclicamente nas rochas formam o rufar de um coração. Tiramos-lhe o pulso, imaginando que tudo aquilo acontece num astro azul que nos sustenta, gira e suspende nessa imensidão escura de espaço salpicada por pontinhos brancos em constelações, tão longe umas das outras.

Surgem as gaivotas antes da noite cair. Caminhando pelos ares, cortam-nos o olhar onde as encima um céu ainda mais alto com nuvens cristalizadas e fendas como as da lama quando seca cicatrizada num chão onde a água desapareceu.

Sagres precisa de quem se abra aos silêncios contemplativos do Mundo. No efeito que esses silenciosos sons nos provocam, dá-se um arrepio, a solidão da existência pesa e procuramos uma algibeira que nos abrigue as mãos ao aconchego, e limitamo-nos a desfrutar do privilégio que é estar ali, aspirando aquilo tudo.

Sagres, sempre selvagem, sempre sagrada.

road-to-sagres-1 road-to-sagres-2 road-to-sagres-4 road-to-sagres-5 road-to-sagres-7 road-to-sagres-8 road-to-sagres-9 road-to-sagres-10 road-to-sagres-11 road-to-sagres-12 road-to-sagres-14 road-to-sagres-15 road-to-sagres-18 road-to-sagres-16 road-to-sagres-17 road-to-sagres-20 road-to-sagres-21 road-to-sagres-22 road-to-sagres-23 road-to-sagres-24 road-to-sagres-26 road-to-sagres-27 road-to-sagres-28 road-to-sagres-29 road-to-sagres-30 road-to-sagres-31

10 responses to “Sagres, Sagrada

  1. Tu és as palavras. Um texto claramente teu, com a rítmica e recursos estilísticos a que já nos habituaste. As fotos estão fantásticas e constituem a ilustração do texto sem se repetir. Adorei :)

  2. Se eu já gostava de lá ir, agora fiquei a ainda gostar mais, coms fotos de aspectos onde não tinha chegada, com as belas palavras com que as acompanha. Bem vindo de novo, já tinhamos saudades da beleza com que enche as nossas vidas.

  3. Fantástico. Deu vontade de estar em Sagres, apesar do texto nos transportar (mesmo que por um instante) para lá.

  4. Muito espiritual este texto… já nem digo que transportei para Sagres, porque é óbvio que viajei contigo nestes segundos. Vi o mundo de cima, fora de mim. Obrigado pela viagem astral, e obrigado teres regressado da tua. Muito bem escrito meu amigo. Bravo

    • Olá Patrícia,

      tenho observado atentamente a tua movimentação pela floresta do Aponta. Obrigada por deixares a primeira pégada em Sagres. Espero ver-te noutros trilhos.

Deixa o teu comentário

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s